domingo, novembro 28, 2004

There must be an Angel...

Hoje... acordei assim:


































Angels - Robbie Williams

I sit and wait
Does an angel contemplate my fate
And do they know
The places where we go
When we're grey and old
'cause I have been told
That salvation lets their wings unfold
So when I'm lying in my bed
Thoughts running through my head
And I feel the love is dead
I'm loving angels instead

And through it all she offers me protection
A lot of love and affection
Whether I'm right or wrong
And down the waterfall
Wherever it may take me
I know that life won't break me
When I come to call she won't forsake me
I'm loving angels instead

When I'm feeling weak
And my pain walks down a one way street
I look above
And I know I'll always be blessed with love
And as the feeling grows
She breathes flesh to my bones
And when love is dead
I'm loving angels instead

And through it all she offers me protection
A lot of love and affection
Whether I'm right or wrong
And down the waterfall
Wherever it may take me
I know that life won't break me
When I come to call she won't forsake me
I'm loving angels instead

And through it all she offers me protection
A lot of love and affection
Whether I'm right or wrong
And down the waterfall
Wherever it may take me
I know that life won't break me
When I come to call she won't forsake me
I'm loving angels instead

Beijo-vos a todos, J.
(... e espero que amanhã isto ainda se mantenha...)

sábado, novembro 27, 2004

Gosto... Não gosto...

Gosto do mar, da areia e da água salgada.
Não gosto de pimentos crus.
Gosto do Sting, de Elton John, de Brian Adams, de Bon Jovi, de Phil Collins, de Seal, da Madonna, dos U2, dos The Verve, dos Simple Minds, dos Reamon, de Lighthouse Family, dos James, dos Coldplay, da Dido, da Shania Twain, da Skin,... dos Fingertips, dos Trovante e do Luís Represas, do João Pedro Pais, do Abrunhosa... Gosto da 24 de Julho.
Não gosto do frio, da chuva ou do Outono.
Gosto de ler... crónicas, romances, reportagens… livros!
Não gosto de não ter tempo. Não gosto de lojas muito cheias e desorganizadas.
Gosto dos Maias e do Eça. Gosto de saltos altos.
Não gosto de comida fria.
Gosto de bolo de chocolate.
Não gosto do Inverno. Não gosto de répteis. Não gosto de cães de luta.
Gosto de passear.
Não gosto de música pimba.
Gosto de estar sozinha… mas não sempre.
Não gosto de ruas barulhentas e desorganizadas.
Gosto do Verão e do calor.
Não gosto de ver crianças maltratadas.
Gosto da sinceridade, da frontalidade, da franqueza, da sensibilidade, da lealdade, do respeito e da cumplicidade.
Não gosto de modas.
Gosto de gatos, de cães, de pássaros, de cavalos, de golfinhos,... de animais.
Não gosto de discussões, de mentiras, de abandonos, de maldades, de traições ou infidelidades.
Gosto de vestidos, de biquinis, de saias curtas, de calças, de corsários, de boxers de homem.
Não gosto de guerras com sentido ou não.
Gosto de arroz-doce, de gelatina, de mousse e de frutas.
Não gosto de roupa de Inverno.
Gosto da praia, do campo, do rio e do pinhal.
Não gosto de cidades grandes e impessoais.
Gosto de escrever.
Não gosto de insectos que picam.
Gosto da Marion Zimmer Bradley, do Camilo Castelo Branco, da Isabel Allende, de Colleen McCullough, do Paulo Coelho, de Milan Kundera, de J. M. Coetzee, de Umberto Eco e do Nicholas Sparks.
Não gosto de não gostar de política.
Gosto de jardins, de parques naturais e de qualquer pequeno espaço verde.
Não gosto de Saramago (que me desculpe quem aprecia...).
Gosto do Alentejo e do Porto Santo.
Não gosto de matraquilhos.
Gosto de passear de bicicleta.
Não gosto de Lisboa nem do Porto para envelhecer.
Gosto de whisky puro (on the rocks).
Não gosto do descuido a que se votam os monumentos nacionais.
Gosto de sabores agridoces.
Não gosto de bairros de barracas.
Gosto de andar a pé, junto ao mar.
Não gosto do racismo nu e cru e viva quem um dia criou a máxima: “todos diferentes, todos iguais”.
Gosto de ruínas. Fascinam-me os enredos imaginados quando lhes toco.
Não gosto de me sentir a estupidificar.
Gosto de livros cor-de-rosa, tipo água e açúcar.
Não gosto sapatos desconfortáveis.
Gosto de mim e de ti.
Não gosto de relações fortuitas e imprecisas.
Gosto de rosas amarelas, vermelhas, champagne, brancas.
Não gosto de cravos nem de jarros.
Gosto de Kandinksy, Picasso, Dali… Gosto de passeios nocturnos na praia.
Não gosto do “Grito” de Miró.
Gosto de lareiras e salamandras.
Não gosto de centros comerciais.
Gosto de ler calmamente as notícias sentada numa esplanada.
Não gosto de festas elitistas.
Gosto de ficar horas a olhar o vai-e-vem descompassado das ondas.
Não gosto de gin.
Gosto de andar de avião, de barco e de mota.
Não gosto de ler jornais na Internet.
Gosto de Itália, Grécia, Cabo Verde e Egipto.
Não gosto de alimentos de sabor amargo.
Gosto de frutos exóticos.
Não gosto de futebol nem de tudo o que roda à sua volta.
Gosto dos velhinhos livros de papel.
Não gosto de vento. Não gosto de sapos.
Gosto de banda desenhada.
Não gosto de ruas sujas.
Gosto de rir, que me façam rir e de fazer rir.
Não gosto de comida picante.
Gosto de Champagne.
Não gosto de vinho.
Gosto dos meus amigos.
Não gosto de estendais com lingerie.
Gosto de fotografia.
Gostava de ser eu a estar aqui...
Beijo-vos a todos, J.
(... gosto de vós e gosto de gostar!)

sexta-feira, novembro 26, 2004

Solidariedade está na ordem do dia!


É verdade!

Andamos todo o ano a pensar em mil e uma coisas e a fazer outras mil e uma...

E acabamos por nos esquecer de que a solidariedade não deveria ter data marcada no calendário... Mas agora vai começar a época em que todos os dias nos "cobram" isso!!!

Ele são peditórios para aqui, vendas para acolá, criancinhas com fome para acoli, África que afinal ainda existe, toxicodependentes que querem ser ex, sem-abrigos a proliferar,..., miséria, miséria, miséria,...

E fica-nos uma angústia enorme cá dentro porque tudo isto sempre esteve lá! Esteve lá o ano inteiro mas só agora, nesta altura, é que toda a gente repara e ainda se atrevem a impôr-nos esta frustração pela impotência que temos para resolver estas situações!!!

Será egoísmo da minha parte?

Bem, para que assim não pensem, aqui fica um pouco da minha solidariedade:

Beijo-vos a todos, J.

(... com pena de não poder desfazer uma tal árvore de Natal - que é a maior da Europa - em pedaços de solidariedade...)

segunda-feira, novembro 22, 2004

Antes que as extremidades paralisem e... CAIAM!!!

Estarei esquecida ou isto é já uma arterioesclerose prematura mas muito avançada?

Segundo o calendário, estamos no Outono...

Outono, estação de transição, com alguma chuva no início e depois muita, bué-bué-bué vento até que os "bué's" todos sejam suficientes para despir as árvores, descida GRADUAL (sim, eu disse GRADUAL, o que quer dizer devagarinho, com calma, aos poucos... assim num ritmo tipo o dos nossos alunos) das temperaturas máxima e mínima... enfim, para que nos mentalizemos de que vem mesmo aí o Inverno!

Pois para mim, isto parece mais Janeiro! Está mesmo um frio de rachar!!!

Por este andar... será que vamos ter um "White Christmas" em Loures? Estou mesmo a ver: "Já abriu a nova estância de neve em Loures!" E Loures passa a ser um verdadeiro pólo turístico para as férias de Inverno "Apenas a 8 km da capital", com escolas de Ski, teleféricos, ... (assim de repente, para fazer face à crise, até talvez possa arrendar um quartito ou dois... quem sabe?)

Eu, que até sofro de "calores", não estou a conseguir lidar com este frio... sinto-me a congelar!

Mas para hoje, já arranjei mais uma solução (para além dos aquecedores): vou ligar o meu fabuloso jacuzzi e permanecer lá dentro umas boas três horitas!

Basta criar um ambiente "à maneira": a banheira com espuma até transbordar, rodeada de velas de vários tons e aromas, óleos e sais de banho do mais exótico e, na falta de melhor, alguns "entreténs"...

... e Voilá!!!

Eis a minha pessoa a "cortir" tótil:

São servidos? (já vou na terceira volta... gandas braçadas, men!)

Beijo-vos a todos, J.

(... apesar dos lábios roxos e da estalactite de gelo que me cai do nariz...)

sexta-feira, novembro 19, 2004

Gostas pouco, gostas... (eu também queria!!!)

































When We Dance - Sting

If he loved you
Like I love you
I would walk away in shame
I'd move town
I'd change my name

When he watches you
When he counts to buy your soul
On your hand his golden rings
Like he owns a bird that sings

When we dance, angels will run and hide their wings

The priest has said my soul's salvation
Is in the balance of the angels
And underneath the wheels of passion
I keep the faith in my fashion

When we dance, angels will run and hide their wings

I'm still in love with you
[I'm gonna find a place to live
Give you all I've got to give]

When we dance, angels will run and hide their wings
When we dance, angels will run and hide their wings

If I could break down these walls
And shout my name at heaven's gate
I'd take these hands
And I'd destroy the dark machineries of fate
Cathedrals are broken
Heaven's no longer above
And hellfire's a promise away
I'd still be saying
I'm still in love

He won't love you
Like I love you
He won't care for you this way
He'll mistreat you if you stay

Come and live with me
We'll have children of our own
I would love you more than life
If you'll come and be my wife

When we dance, angels will run and hide their wings
When we dance, angels will run and hide their wings
When we dance, angels will run and hide their wings
When we dance, angels will run and hide their wings

I'm gonna love you more than life
If you will only be my wife

I'm gonna love you more than life
If you will only be my wife

I'm gonna love you night and day
I'm gonna try in every way

[I had a dream last night
I dreamt you were by my side
Walking with me baby
My heart was filled with pride
I had a dream last night]

Haverá declaração mais bonita?
Beijo-vos a todos, J.

terça-feira, novembro 16, 2004

À Saúde!... (tchim-tchim)

Hoje... já decidi: vou beber uns copos!!!
Vou bebê-los MESMO com vontade e vão todos à saúde dos pobres de espírito que vivem alimentados pela maldade!
Frustrados pela vida, mal-amados pelas famílias e para os quais o significado do que é ser amigo, já há muito deixou de constar do seu dicionário!
(Provavelmente, até se dizem católicos e, sem qualquer esforço ou escrúpulo, PRATICANTES!!!)
São apenas uns tristes para quem a necessidade de fazer mal é (quase) tão grande como a necessidade de respirar...
Saberão sorrir? Talvez vivam num Inverno permanente!
À vossa saúde!!!
Desejo-vos a todos uma longa vida para que assistam sempre (e, se possível, cheios de dores-de-corno) a todas as provas de amizade que puderem!

...talvez ainda consigam realizar aprendizagens...

TCHIM-TCHIM!!!

(amanhã, espero não acordar de ressaca...)

Quanto aos que considero amigos... nunca me saem da cabeça! E muito menos do coração!

A vocês,...

...beijo-vos a todos, J.

...e ainda dizem que os outros (animais) é que são os irracionais!...

sexta-feira, novembro 12, 2004

Mudanças... nos roupeiros!!!

E Pronto!!!
Agora é que é!
Depois desta última réstea de (algum) calor, a que chamam "Verão de S. Martinho", vem aí a pior parte do ano: O INVERNO!!!
De facto, DETESTO quase tudo o que está ligado ao Inverno: frio, chuva, dias pequenos,... só gosto mesmo do Natal! Pelo menos, dantes gostava! Este ano, logo veremos... Ah! Mas tenho uma coisa óptima para o Inverno: uma lareira!!! (que tenciono acender e onde tenciono assar castanhas, um destes dias)
E por falar em Inverno, mudanças!!! Aposto que já todos vocês arrumaram os roupeiros e tiraram as roupas de Verão, substituindo-as pelas de Inverno: mais feias, mais escuras, mais pesadas...
Eu, não! Deixo-me andar sempre até à última! Vou ter que fazê-lo agora!
Portanto, nos próximos tempos, vou ter que mudar de visual...
Já escolhi um novo "modelito" que me parece muito mais quentinho... Só o casaco, deve valer a pena!
Espero que gostem!!!

Beijo-vos a todos, J.
(... e espero não pegar fogo ao prédio...)

quinta-feira, novembro 11, 2004

Aquele abraço...

Este, é especial para vocês, a quem a vida não tem feito outra coisa ultimamente, senão "passar rasteiras"...

Muita força!...
Estarei sempre aqui para vós!
(mesmo que não vos consiga levantar...)
Beijo-vos a todos, J.
(...e com mais alma ainda: a ti, Eduardo; a ti, Rui; e a ti, Isabel)

domingo, novembro 07, 2004

Imagens que falam...

Line
...momentos como este, todos nós trazemos na memória...
...momentos como este, a todos nós trazem saudade...
...mesmo que para trás tenham ficado apenas e só as nossas próprias pegadas...
line
Line
Quem, de nós, nunca se sentou aqui, para contemplar, pensar e até chorar?
Quem, de nós, nunca sentiu o consolo destes "beijos" do mar?
Quem, de nós, nunca teve a tentação de tirar toda a virgindade àquele pedaço e enfiar as mãos na areia, mesmo com o intuito de deixar marca?
Quem, de nós, nunca reviveu momentos, vivendo o momento de estar aqui?
Line
Beijo-vos a todos, J.
(...se possível, com a mesma intensidade do mar!)

quinta-feira, novembro 04, 2004

Altos Patrocínios!!!

Já pensaram nos slogans que cantarolamos, sem querer, com a "caixinha que mudou o mundo", se as grandes marcas produzissem...
...preservativos???
Preservativos Nike: Just do it...
Preservativos Pepsi: Ask for more...
Preservativos Pringles: Quando fazes pop, já não há stop...
Preservativos M&M's: Desfazem-se na tua boca, não na tua mão...
Preservativos Duracell: E duram e duram e duram...
Preservativos Evax: Não se mexe, não se nota, não passa nada...
Preservativos Red Bull: Dão-te aaaaasassss...
Preservativos Pescanova: O bom sai bem...
Preservativos Sagres: A nossa selecção...
Preservativos Superbock: Sabor autêntico...
Preservativos McDonald's: Oferta 2 x 500...
Preservativos Nokia: Connecting people...
Preservativos L'Oreal: Porque eu mereço...
Preservativos Samsung: Everyone is invited...
Preservativos Carlsberg: Provavelmente, o melhor preservativo do mundo...
Preservativos Ferrero Rocher: Ambrósio, apetecia-me tomar algo...
Preservativos Dove: Com ¼ de creme hidratante...
Preservativos BIC: Bic laranja "escrita" fina, Bic cristal "escrita" normal...
Preservativos Kodak: Para mais tarde recordar...
Preservativos Pingo Doce: No sítio do costume...
Preservativos Páginas Amarelas: Vá pelos seus dedos...
Preservativos Chiclet's Ice: Um estalo de prazer...
Preservativos Halls: Ainda fresco...
Preservativos Luso: Tão natural como a sua sede...
Preservativos Michelin: Quilómetros de estrada...
Preservativos TMN: Mais perto do que é importante...
Preservativos Optimus: Segue o que sentes!
Preservativos Vodafone: Onde você estiver, está bem...
Preservativos Clix: Custa nix...
Preservativos AirWick: Fragrâncias que mudam o mundo...
Preservativos Intermarché e Ecomarché: Mais barato, não há...
Preservativos Minipreço: É só fazer as contas!
Preservativos Calgon: Prolongue a vida da sua máquina com Calgon...
Preservativos Danone: A Danone já sabe como vai ser o preservativo do futuro: deliciosíssimo!!!
Preservativos J.&B.: A tradição já não é o que era!
Preservativos Twix: Satisfaz duas vezes!
Então, agora vem a melhor parte: serão capazes, de hoje em diante, de ouvir a publicidade da TV e não associar, de imediato, a um...
... preservativo?
Beijo-vos a todos, J.
(... e vivam os efeitos secundários que a publicidade pode ter...)

terça-feira, novembro 02, 2004

A imperfeita e insuportável... PERFEIÇÃO!

A perda fez (quase sempre) parte da minha viagem... mas mostrou-me também aquilo que é precioso, bem como um amor pelo qual só posso estar grata.
Talvez a maioria de nós escreva a sua própria história, improvisando, à medida que o tempo passa mas outros, parecem ter vidas que já estão moldadas e planeadas, às quais não podem escapar. Perfeitas, como círculos!!!
E se algumas vidas formam um círculo perfeito, outras assumem formas que nem sempre podemos prever ou entender.

Beijo-vos a todos, J.
(... e me desnudo com toda a imperfeição! GRAÇAS A DEUS!!!)